Resenha (filme): Um Grito de Socorro

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Uns dias atrás eu estava folheando o catálogo de novidades da Netflix e achei um filme que me interessou muito que se chama Spijt! (é o nome do filme no original). É um filme holandês de 2013 que trata sobre um tema ainda muito pertinente na sociedade: o bullying.

Jochem (Stefan Collier) é um adolescente atormentado diariamente na escola por ser gordinho. Enquanto um grupo de colegas pratica bullying, outros, como Vera (Dorus Witte) e David (Robin Boissevain), tentam ajudá-lo, mas têm medo de enfrentar os valentões e sofrer represálias. Quando Jochem vai a uma festa com os colegas, é forçado a beber e não aparece no dia seguinte no colégio. David se sente culpado por não ter ajudado o menino e resolve, junto com Vera, procurar o amigo, mas pode ser tarde demais para prestar auxílio e pedir desculpas.
Eu nunca chorei tanto em um filme quanto chorei assistindo Um Grito de Socorro. É muito triste e o que mais incomoda é que não é nada ficcional, simplesmente é a realidade. Assim como A Girl Like Her, comecei a assistir o filme sem esperar muito dele, achei que seria um filme descontraído mas que tratava sobre bullying, no entanto eu estava totalmente enganada.

Como está na sinopse, Um Grito de Socorro conta a história de um garoto chamado Jochem que não é considerado no peso ideal e por esse motivo sofre bullying no colégio. David, um dos meninos que estudava junto com Jochem, vê o garoto sofrendo bullying e decide ajudá-lo.

Vera é uma garota que é da turma de David e Jochem é voluntária em um abrigo de animais. Jochem encontra um cachorro abandonado e o decide levar a esse abrigo. Todos os dias depois da escola, o garoto passava lá para ver o cachorro e em uma dessas visitas conhece Vera.


Se você espera ver um filme totalmente descontraído, cheio de humor e risadas, não assista Um Grito de Socorro. Esse filme fará você chorar e chorar e refletir muito sobre essa questão do bullying.

Depois que terminei de ver o filme, eu fiquei uns cinco minutos chorando. Honestamente, é o filme mais triste que já vi. O bullying é retratado de uma maneira tão violenta nesse filme, que é impossível você não derramar uma lágrima sequer!

O que me deixou mais triste é que isso acontece, é real. Em diversas partes eu ficava angustiada porque ninguém tentava ajudar o Jochem, as pessoas simplesmente ignoravam. Chegou ao ponto de um dos professores também "zoar" o garoto. 

Jochem sofria bullying por três pessoas, mas quem mais se destacava era uma garota chamada Sanne. No final do filme, nós conseguimos compreender o que se passava na vida da garota e o porquê que ela fazia bullying com Jochem. Ela foi uma das únicas "vilãs" que cheguei a sentir pena e raiva ao mesmo tempo.



Acho que esse filme deveria ser passado nas escolas porque é um tema que acontece todos os dias e muitas vezes ignoramos. Ignoramos com medo de ser o "dedo duro" da coisa toda mas fingir que nada está acontecendo, é uma forma de contribuir.

Recomendo a todos que assistam Um Grito de Socorro, precisamos nos conscientizar de que bullying é coisa séria!

A história é baseada em um livro de mesmo nome escrito pela autora Carry Slee. 

Informações adicionais:

Avaliação: 5/5
Dirigido por: Dave Schram
Elenco: Stefan Collier, Robin Boissevain
Duração: 95 min
Onde encontrar: Netflix (provavelmente tem em outros sites)
Gênero: Drama

-Stephanie

0 comentários:

Postar um comentário